28 de março de 2010

Mais ou MENOS



Ai, gente, acho que dei uma esfriadinha com o bloguito. Fico olhando, namorando, gosto muito dele, mas ando meio sem inspiração... Eu sei que muitas noivitas gostam dele também e, por isso, principalmente, eu me recuso a abandoná-lo.

Mas, aí, nessa fase nada inspirada, senti que precisava de algum estímulo. precisava de algo a MAIS.

Pensando nesse algo a mais, cabeça a mil que tenho, lembrei-me de duas queridocas que estavam preocupadas por terem lido não sei onde, nem de quem, que MENOS é MAIS. As duas estavam super preocupadas por excederem no que teriam em seu big day.

Pois é... claro que ler é sempre válido, colher informações, acompanhar tendências. Tudo isso é uma delícia. Mas, um cuidado enorme com interpretação do que se lê é fundamental. O meu caso de hoje: precisei de um pouco MAIS para me inspirar. Então, peguei o caderno da minha filha, cheio de flores desenhadas, páginas cor-de-rosa e meninas super poderosas no canto superior da página. Precisei de inspiração feminina, infantil, bonitinha e de escrever à moda antiga, com caneta e papel, nada de teclado e computador. Mas, para mim, hoje, foi MAIS mesmo. Por isso, minha conclusão é: MENOS
pode ser MAIS, mas MAIS também pode. Depende de cada um. Depende da personalidade, do gosto, do objetivo... MAIS ou MENOS, se bem feitos podem ser MAIS do mesmo jeitinho. O bem fazer ou fazer bem é o detalhe MAIS importante.

Portanto, queridocas, sigam seus corações e suas preferências. O simples pode ser chique e encher os olhos. Mas, pode ser minimalista demais e incompleto, deixando a sensação de algo a desejar. O mais pode sobrecarregar e poluir. Mas, pode estar em harmonia e deslumbrar.

Repito. Sigam seus corações, suas preferências, realizem seus sonhos. Leiam, informem-se, estudem e absorvam tudo de bom que tenha a ver com sua personalidade. Com a certeza de que a minha verdade pode não ser a sua e pode não ser a da amiga e por aí vai. Porém, nesse caso, todas podem ser corretas. Porque certo mesmo, em casamentos, é ver a emoção de cada um concretizar o sonho.

A foto de hoje por exemplo. Você considera MAIS ou MENOS? Ou na medida, por que não? Várias conclusões, várias verdades, várias pessoas, várias diversidades... Variedades que formam a maravilha do viver e conviver.

2 comentários:

Pedro e Deborah disse...

Eu achei carregada essa foto, mas como você falou depende de cada noiva!

P.S: Já está dando para escrever comentários lá no meu blog, agora é garantido!

Dona_Baratinha disse...

"Menos é sempre mais" disseram por aí... Mas você está olhando de onde??
Se estiver olhando de perto, vai achar ótimo poder se sentar e ver o rosto de quem conversa contigo na mesa (arranjos baixos)...
Se estiver olhando de longe também vai ficar confortável em reconhecer de quem é aquele tchauzinho do outro lado do salão (muitas luzes)
E a favor da harmonia, meu olhar agradece a escolha das (poucas cores)... Imagine quando os convidados chegarem cada um com uma cor de vestido??
Terrível essa mania minha de acelerar as coisa e ver adiante! Claro que há decorações coloridas lindas, arranjos altos incríveis, iluminação só de velas que esbajam charge!!! Mas vai dizer que nunca teve que apertar os olhinhos para enxergar aquele amigo sorrindo para você lá da outra mesa, ou até mesmo, deslocar a cadeira para ver o rosto de quem esta falando contigo?? Se menos é mais, eu não sei... Sei que daqui de onde vejo, menos pode ser mais agradável e mais pode gerar menos desconforto.