22 de agosto de 2021

 Marianne ❤ Jonathan


Tanto tempo sem bloggar. Acho que nem sei escrever mais. Tem hora que quero textão. Tem hora que quero falar muito, mas sem textão, com textim. Sinal de transformação. Gosto da ideia de sempre estar em transformação.

Ontem, tivemos um dia que seria de casamento e foi transformado em festa de noivado. Não fosse esse momento maluco, não teríamos vivido o ontem daquela forma. Ah, transformação, como vc é incrível às vezes. Não fosse vc, não conheceria tão de perto as mãos de fada da minha Mari, extremamente organizada e talentosa como noiva e como decoradora. Não fosse vc, eu não teria visto os olhos do Jonathan brilharem como ontem. Não fosse você, eu teria um dia a menos de festa pra viver ao lado deles. Não fosse você, a gente estaria menos crescido e o valor de festejar seria o mesmo do passado. Ah, transformação, mesmo com possíveis dores, a certeza de que ficam os amores. Amores compartilhados. Amores com pimenta pra espantar o ruim e temperar o bom. Amores com recadinhos e fotos. Amores com vestidos de amor que só mudava a cor, minhas geminhas não gêmeas. Amor com Nossa Sra abençoando e pedido de joelhos. Amor sem máscaras num tempo de tantas máscaras e vale a literalidade e o figurativo. 

Queria textim e já tá quase textão. Parei, com gratidão. Reservando mais palavras ao que está por vir. Como acreditar que o melhor fica pro final, depois do patamar que alcançou? Obrigado por esse alcance tão alto de alegria, meus Mari e Jonathan. 

Bom demais, ver meu time de noivos reunido. A gente nem fez foto, hein? Ah, já sei. O melhor fica pro final. Tá reservado pra próxima e que venha outra próxima e outra e outra. Sempre! 

Fotos: Sou Ibope


























16 de junho de 2021

 Letícia e João

💕

Sim, aconteceu. Lets e João se casaram. Parecia sonho. Tava tão bonito e foi tão feliz. Como a vida deve ser. 

💕

Ela é do jeito que gosto, acelerada, ansiosa e ama controlar tudo. Eficiente, resolve qualquer problema, com bastante rapidez. Tem bom gosto e é intensa. Faladeira e querida. Tem quase 15 anos de namoro. Viveu algumas emoções quando, em plena organização do casamento, os planos precisaram mudar por causa da pandemia. Por pouco, não desistiu de tudo (ainda bem que não). Acabou se casando em pleno dia dos namorados, data marlindavida. Era agora ou nunca! O momento precisava acontecer. Ela sabia e ele também. Ele é quietinho e tímido. Apoiou a causa e abraçou, com força, pra tudo dar certo. Adoro casal cúmplice. Depois de tanto tempo a dois, eles parecem um só. Como peças encaixadas, formando o quebra-cabeça. Fofos! Que saudade de história real e fofa. Parece que tem mais de ano que só vivo uma vida fake, usando esta palavra tãão da vez.

 💕

Nas ideias imaginárias, um casamento diferente. Tínhamos um planejamento todo exato. Acontece que a humanidade tá com sede de alegria. O que faz o novo normal ser tão velho como nunca. Graças a Deus! Nascemos pra ser inteiros e não pela metade. O casamento deles foi completo. Tinha tanta vida, tanto amor, tanta entrega. Tinha a força de um recomeço verdadeiro. Acredito que todos ali se sentiram fortalecidos pela renovação. Nossas vidas, aos poucos, devolvidas. Como esperei por isso! Como fico feliz por esse instante se dar através dela, minha Lets. Meus Lets e João. O casal divisor das águas. O casal que mudou o paradigma da atual felicidade de tanta gente. Que retorne a vocês com a mesma intensidade. Obrigada por tanto. Sim, estamos prontos para o próximo. Para todos os próximos que vierem.

💕

Fotos: Rafael Sandim