10 de maio de 2019

15 anos - Isabela 
💕
Ah, as minhas raras oportunidades de organizar 15 anos. Geralmente, surgem graças a algum casamento da família. No caso da Cris, mãe da doce e linda Bela, a indicação foi forte. Veio de uma relação que começou lááááá atrás e se perpetuou. Acho que foi a família que mais servi, no sentido mais lindo e amplo que essa palavra pode alcançar. Em todas as oportunidades, uma alegria sem fim. Amo cada reencontro. Cada oportunidade de dividir novos instantes e o melhor, em momentos de alegria e comemoração. Obrigada a todos, especialmente à Dani, grande elo que me une a todos os demais, com suas preciosas indicações.
💕
A Cris chegou com a Bela. A mãe que é pura emoção. Que se mostrava num orgulho gigantesco pela filha que, de fato, se mostrou incrível desde que conheci. A mãe que sonhou junto. Q se dedicou. Q derrubou lágrimas só de pensar no encanto de tudo. Q representa completa entrega, um se joga total, legítimo de mães na criação de seus filhos (especialmente quando esse filho vem no singular, eu sei, porque vivo exatamente isso). A Cris que era adiantada, organizada, perfeccionista, detalhista, cuidadosa (já disse, eu sei, mas repito, pq cuidado era uma marca mega registrada). A Cris que me fez querer aquela festa como se fosse da minha filha. A Cris q me ouviu e acreditou nas minhas opiniões, que me permitiu participar, qse como amigas participam. A Cris, que me presenteou com a festa bela de sua Bela e, sim, eu sei, ficou brega o trocadilho, mas q romantismo não é um pouco cafona e é justamente essa a graça da paixão. Eu me apaixonei por elas!!!!
💕
E a Bela, como é? Ah, a Bela é fofa, doce, sereninha, liiiinda. Tímida, quietinha, cara de gente do bem, de pouca fala, mas muita observação. A Bela que antecipava a reação da mãe, que sabia o q queria, mas permitia que sua mãe se encantasse por aquilo tudo e participasse dos detalhes. A Bela que concordava com sabedoria, pq confronto é perda de tempo e ela sabia que a mãe escolheria cada item com bom gosto e critério. A Bela que preencheu uma sexta-feira especial da minha vida, de forma mais que especial. A Bela que me permitiu estar ali, aprovando a escolha da mãe pelo cerimonial, o mesmo escolhido da prima e da outra prima, da outra ainda e da cunhada da prima e é um monte de parente, não termina aí, pq ainda teve outros dois aniversários 15 anos da família, q tive o privilégio de organizar tb. A Bela que dançou lindo e se soltou na pista, causando e divando, de um jeito que não conheci até aquele dia (amei ver esse lado).
💕
Obrigada, suas lindas, por me presentearem com essa festa mara. Quem me conhece sabe como adoro festa de 15. Quem sabe da nossa história sabe como amo essa família inteira! Só tenho a agradecer e agradecer e agradecer. 
💕
Fotos: Estúdio Imaginário

































6 de maio de 2019

Sara e Caeta
💕
O que dizer sobre esse casal? A noiva linda q se casaria numa quarta-feira, logo ali, uns meses depois. O noivo q tem carisma carimbado na testa, simpatia absoluta. O casal QUERO P MIM de todo cerimonial. O áudio dela era doce e entusiasmado. O tom de voz, delicioso. Na foto, eita, q não tinha um q via e não comentava da beleza. Parecia pintura de obra de arte. 
💕
Ela era a Sara e veio, simplesmente, como a noiva. Não se colocou como a Sara Costa, figura pública, digital influencer, lotada de seguidores. Não se colocou como Sara Costa, a moça da TV Record, q substituía a Poliana Venenosa, assumindo o quadro em alguns momentos. Não se colocou como Sara Costa, irmã do sertanejo Eduardo Costa. Não se colocou como Sara Costa, prestes a se casar c Caeta, empresário do irmão. Ela era a Sara e fim. Minha (futura) noiva e, mesmo após saber de toda popularidade dela, esta característica de ser minha NOIVA é a q mais me encanta e seduz. Minha noiva princesa de olhos turquesa, minha querida, minha doçura, minha Sara!
💕
Qse me dói enfatizar tanto a Sara, sem colocar Caeta à altura. O noivo de papo agradável, jeito bacanérrimo, acessível, demonstra sempre ser aquele amigão p toda hora, desde momentos descontração, tipo BORA BOTECAR, até o ombro amigo p chorar mágoas. Tipo de pessoa q a gente quer sempre por perto, pq não tem nada melhor do q alguém q nos ouça com atenção e q esteja sempre disponível, tipo "-VAMU? AGORA!".
💕
Justiça feita, cada um com seu destaque, o q vem agora? Fim de papo? Impossível. Eles me rendem palavras e afeto além. No meio do caminho, a gravidez e o adiamento do casamento para outra quarta-feira, do ano seguinte. Quem diria, naquele começo de contato, q teríamos nossa Valentina, bebê divah, dos olhos da mãe, mas miniatura do pai, amor concretizado dos dois, participando do nosso grande dia! A gente já sabia q os filhos levariam as alianças, mas quem diria q haveria nosso mini elo, Valentina, juntando em sangue os três irmãos, completando uma família linda, querida, tão gente como a gente. 
💕
Engraçado isso de gente como a gente. Vida de artista parece tão paralela e distante, q a gente tem uma relação bizarra com eles. A gente os trata um pouco diferente, há um encantamento por trás, uma sensação de distante e diverso, uma coisa meio intocável, sei lá, é meio fantasioso, um pouco de admiração e fascínio por um mundo q parece tão distante ao nosso. Daí, a gente encontra um casal q fala a nossa língua. Q ri e chora. Q valoriza o hoje pela luta passada. Q abraça sua origem e respeita o patrimônio, pq ele não veio de graça. Q curte o bom gosto, mas tem critérios ao escolher, pq ostentação não os define, a vida real precisa de sentido e coerência. 
💕
Existem casamentos que me agregam muito profissionalmente. Outros, agregam valores pessoais e grandes lições, ensinamentos vitais. Outros ainda, como da Sara e Caeta, unem um pouco dos dois tipos. Foi uma grande oportunidade profissional, mas, sem dúvida nenhuma, o aspecto pessoal foi minha maior conquista. Da generosidade ao expor meu nome nos stories, com elogios q nem sei se mereço, ao carinho e respeito q recebi, do início ao fim, desse casal sensacional. Do intocável, no outro lado da tela da TV, ao tão palpável, ali, atrás da minha mesa do escritório, falando de casamento com mesmo brilho nos olhos, legítimo de todos os noivos q se amam. Tão longe e tão perto! Meu sonho? Q seja TÃO PERTO p sempre. Q permaneçam em minha vida. Q continuem me encantando e me ensinando. Q sejam e estejam presentes sempre! Obrigada, meus amores. Amei de forma especial. Q meu deslumbramento se contenha sempre q eu me lembrar da simplicidade de vcs. É o q os tornou tão gigantes aos meus olhos. Gigantes de encanto.Obrigada!
💕
Fotos: Ricardo Aquino