19 de julho de 2017

Rosi e Antônio - bodas de pérola

E a minha vida tem dessas oportunidades. Estreitar laços, conhecer melhor, celebrar junto, experimentar instantes preciosos da vida do outro q tornam a minha própria mais plena. A Rosi e o Antônio têm se tornado exatamente assim. Instrumentos de união familiar e de comemoração. A arte de receber bem e de nos proporcionar momentos realmente inesquecíveis. Sem eles, nosso junho não teria sido o mesmo. Nem julho. Menos ainda nossos dezembros. Têm minha gratidão eterna e meu carinho.

Missão de trabalho é coisa q levo muito a sério. Missão de trabalho em família, qse me enlouquecem. De medo, de ansiedade, de não conseguir corresponder. Qd o desejo é muito intenso, às vezes, ele nos paralisa. Para isso não acontecer, eu me jogo com força. Sei não, mas achei o resultado tão bom... tãããão boooooom. Fui feliz, além da conta, ali! 

Conheci um pouco mais de cada um deles. Admirei. Agradeci por confiarem e me permitirem fazer o q mais amo. Parabenizei pelo cuidado. Agradeço o carinho e respeito. Agradeço o fortalecimento dos nossos laços  e desejo q se tornem nós, bem firmes e impossíveis de desatar. Tenham certeza de que o coração nunca mais será o mesmo depois de tudo. Obrigada, querida Rosi, obrigada tio, obrigada prima q, um dia, apareceu e iniciou essa caminhada deliciosa. Já sinto saudades! Q venham muitos outros instantes da alegria tão genuína q tivemos.

Fotos: Dante Borges






 






















 













11 de julho de 2017

Daniela e Thiago

Era um dia nada promissor. Daqueles de ócio, tão comuns, depois da crise q se instalou de vez em 2015. Desânimo tomando conta do meu ser dos pés à cabeça. Pra completar, Alex vai ao bairro ao lado e nessa, "PAH!", batem no nosso carro. Eita, desânimo triplicado...

Ela entrou em contato instantes após a fatídica batida. Numa onda boa, tipo "Rejane, vc fez o casamento da minha irmã, vai fazer o meu tb!". Nossa, como eu precisava daquilo. Uma energia lá em cima, palavras positivas, falando coisa boa do meu assunto predileto, casamento. Agradeci! Agradeci a Deus, ao destino e, especialmente a ela, q transformou meu dia sem nem sonhar q faria isso. Q conforto aquele contato me trouxe. Já começou com carinho lá no topo. Sempre me lembrarei da Dani com coração quentinho.

Assim ela foi o tempo todo. Muito prática, decidida, fácil de lidar, mais fácil ainda de gostar. Trazia Thiago ao lado, eita gentileza em pessoa! Foi lindo, num cenário q amo, com pessoas q eu já tinha aprendido a gostar nos idos de 2010, quando conheci a Ju, irmã. Repetir a dose é sempre uma responsabilidade. Mais ainda, um privilégio. Seja ou não caso de polícia, defender minha noiva com a garra q nos cabe é a nossa lei. Só quem viveu para compreender tão perfeitamente, né, Dani? rsrsrs. Seu casamento marcou nossa história. Carimbou de vez nossa decisão de lutar pelo ideal de vcs, nossas noivas q tanto amamos! Obrigada outra e outra e outra e outra vez... Vc não imagina o privilégio, menos ainda o quanto me trouxe sol num dia bem nebuloso, no passado. Jamais agradecerei o quanto desejo. Q a gratidão se converta em felicidade a vcs!!!!!!

Fotos: Rock The Wedding