29 de abril de 2011

Dani e Murillo

Sei não, mas o clima, a beleza, a magia do casamento da Dani eram de casamentos de princesas - nada mais pertinente do que dizer isso, hoje, no dia do casório de Lady Kate. Não consigo explicar porque alguns casamentos me trazem essa sensação, mas o da Dani me trouxe. Talvez, a minha sensação de dever cumprido, o bem estar de ver tudo correndo como planejei, de sentir que os convidados estão bem e felizes no contexto... sei lá...

A Dani é muito parecida comigo em alguns pontos. Quando é assim, a coisa não deveria dar choque??? Sabem a história do semelhante repele semelhante, lembram-se das aulas de Química??? Pois, é, no caso da energia de vida, isso nem sempre procede, que o digamos eu e Dani. Acho que os pontos parecidos foram os que mais nos uniram e nos fizeram bem.  Vamos a eles:

A Dani é um doce, mas não pisem no calo dela! E não descumpram o prometido - ela é extremamente exigente!!! (Quase um espelho meu, kkkk.). Por que nos demos bem? Porque, ao exigirmos que tudo seja cumprido, sabemos que precisamos ser modelo e cumprimos com nossa parte. Fazer o correto faz a máquina funcionar e impede que nos chamem a atenção. Se queremos tudo correto, precisamos fazer tudo corretamente. Eu fiz minha parte, ela a dela e... sucesso, claro! 

Organização inquestionável. Se tem um item fundamental ao casamento é a organização. Dani me passou uma pasta com todos os detalhes. Tudo respondido como solicitei, tudo mais que destrinchado, tudo separadinho, bonitinho, perfeitinho. Mais um ponto em que nos identificamos e que, simplesmente, inverte os termos - A REALIDADE É QUE SE TORNA SONHO e não o contrário. Descobri que casamento não é sonho que se realiza. É realidade que se torna sonho! E isso depende de mim, da noiva e do conjunto de profissionais contratados. Confesso que já vi cada pesadelo, kkk... Com a Dani, o conjunto foi perfeito!

Dani se coloca no lugar do outro. Existem medidas a serem pesadas. Não adianta fornecedor ficar de bico para mim. A noiva está certa até que se prove o contrário. O meu lado é o lado da noiva. Não me importam caras feias, não me incomodo com nada. Sou os olhos da noiva e fim. O meu zelo é por ela e não se fala mais nisso. Claro que tudo dentro de justiças e dentro das razões da noiva. Se considero justo defender e brigar pela noiva, já é. No casório, quando Dani pegou o microfone em defesa de uma injustiça que ela presenciou (nada a ver comigo, eu era mera espectadora), olhei com orgulho e pensei  NÃO TEM JEITO... ESSA É DAS MINHAS MEEESMO!!!!

Dani trabalha pra caraaaaaaaaaamba. Não era raro Dani trabalhando madrugada afora e a gente trocando e-mails altas horas. E mais, Dani já trabalhou com eventos na época de estudante. Quer identidade maior? (e responsa maior, também, claro, pois olhos de quem trabalhou ou trabalha com eventos ficam super exigentes!). 

Pois é... além de tudo, nosso gosto se parece muito. Era fácil direcionar a Dani, pois as indicações eram mais que certeiras.

Bem, chega de falar, mas, pra finalizar, não posso deixar de enfatizar a beleza da Dani. Êta, moça bonita, benza Deus!!! Arrasou, entrando no seu Cymbeline, com suas unhas vermelho-berrante, ao som de Minha Namorada. Ah, e vocês se lembram que mencionei um escândalo de dama??? Então, olhem a daminha da Dani, que absoluto escândalo. Amei, Dani. Amei tudo!

Mais uma vez, muuuuuuuuito obrigada à Jo e ao Dante pelo envio das fotos, sempre carinhoso e com prontidão. Sempre merecem um milhão de estrelinhas em meu conceito, rs, thak yoooooou!!!!














3 comentários:

Murillo disse...

Primeira nota da repercussao INTERNACIONAL do nosso casamento e sequer uma micro-mencao ao noivo?
Magoei... fuen fuen fuen

Fabricar Eventos disse...

Especialmente, para Murillo!!!!

Murillo, perdoe-me, pelo amor de Deus, kkkkk. Gente, vou contar, então. O Murillo escreveu os votos que fez à Dani e arrasou, simplesmente ARRASOU!!!! Palavras lindas, noivo cheio de emoção, voz engasgada na garganta... Adorei tudo.

Murillo, você foi tão comportado e a Dani, sempre tão presente (seja tranquila ou mais brava - acho que você me entende, kkkk), que o alívio por tê-la visto feliz me levou a recorrer tanto a ela no post, kkkk.

Deh disse...

Nossa, lindas fotos!! Quem tirou?

Abs