12 de maio de 2015

Mariana e Christiano

Ai, que difícil escrever esse post!!! O que e como falar sobre Mari e Christiano? Quase todas minhas noivas são o estereótipo do romântico e eis que me aparecem Mari e Christiano. Casal meio pra-frentex, todo autêntico e modernoso, decidido em conceitos nada estereotipados, num outro paradigma, cheiro puro do inusitado no ar. Logo que conheci, super quis chamar de MEU casal, mas era tudo tão fora do formato padrão, numa praticidade que quase me assustava, que me vi com interrogações dos pés à cabeça com a dúvida: "SERÁ QUE GOSTARAM DE MIM? SERÁ QUE GOSTARAM DE MIM? SERÁ QUE GOSTARAM DE MIM?". E, ainda bem, acho que sim. Sofrimento da aprovação superado, Mari voltou e se fez minha noivita oficial.

Adoro me apegar, adoro abraçar causas. Ouvi desses dias, de uma noiva, "OBRIGADA POR SEMPRE SE COMPROMETER". Amei essa definição que recebi, tão clara e certa, exatamente como pretendo fazer sempre. Me comprometer à causa da noiva!!! (Quase morro de saber que o correto a escrever seria, neste caso, comprometer-me, mas normas no post do casal nada normas, zero normas, como Mari e Christiano seria como querer ganhar palavrão na cara e , tá, ok, relaxei e aceito o me comprometer, escrito assim mesmo!). Fato é que a frase foi dita pela Flavinha Pedrosa, mas foi mega pertinente no casório da Mari. Eita compromisso necessário, necessário o tempo todo!!!! Valeu a pena? Sempre vale!!!! Por um casal que coloco no coração, vale o que for preciso, desde que resulte em um dia feliz de casamento!!! E resultou? Ô, se!!!!!

Estranho apego que une pessoas, delícia de apego, inexplicável por aproximar corações e sintonizar as batidas. Gosto disso!!! Gosto de Mari e Christiano, gosto do que me trouxeram, gosto da espontaneidade, da educação natural e do comportamento meio livre, completamente verdadeiro. Curto o verdadeiro e sincero, especialmente quando ele inclui docilidade e eles são assim, sinceros com doçura. 

Sentirei saudades. Adoro me lembrar de momentos com aquela sensação de queria tudo de novo! Fato é que queria tudo de novo sempre que penso em Mari e Christiano!!!!

Fotos: Vinícius Terror

























































Um comentário:

Mariana Brant disse...

Quando começamos a organizar nossa festa de casamento, quase um ano antes, fui organizando tudo sozinha e às vezes até me esquecia de enviar os contratos para a Rejane conferir. Quando fui preencher o formulário final fiquei louca!! O que eram todos aqueles itens que supostamente eu teria que ter e não tinha ideia do que seriam? Música e momento especial, ensaio, como as alianças iriam entrar, etc. A partir deste dia acho que dei muito trabalho, ligava sem parar.
Depois da festa percebo que o cerimonial é uma das partes mais importantes para que ela se realize perfeita. Hoje brinco que não sei mais ficar sem a Fabricar! Rsrs Queria vocês cuidando de tudo, com tanto esmero, o tempo todo! E ficou uma grande sensação de amizade antiga e saudade.
Gostaria de agradecer por toda a atenção e cuidado que tiveram.
Um beijo grande!
Mari