15 de janeiro de 2015

Anna Bárbara e Augusto

Quando ela chegou, sentou-se e logo percebi como era doce e delicada. Pela falha usual do meu sexto sentido, cismei que ela não voltaria e, assim que ela deixou a minha sala, comecei a minha sessão de porquês e de onde foi que errei. Sei lá a razão d'eu me equivocar tanto. Talvez seja para alguns presentes de vida chegarem posteriormente, com mais valor e com sabor de preciosidade... E ela voltou! Para me fazer um pouco mais feliz!!!!

Voltou para  ensinar, dádiva que amo ao lidar com noivas. Por trás delas, há lições que me fazem crescer. Qualidade que admiro  é a tal generosidade. Gosto de quem ajuda. Ajudar tem um monte de jeito e, em minha compreensão humilde, um monte de significado tb. Gosto da ajuda de todos os jeitos e com todos os sinônimos que traz. Mas, se tem um caráter que me encante mais, esse é o ajudar inato. Anninha é assim e me transmitiu um pensar no outro que me amolece o coração. Tudo que ela fazia tinha terceiros por trás. Nada era somente no EU. Era ela + os outros envolvidos, era ela + o que ela poderia fazer para o bem estar ser de todos, era ela sair feliz + cada um que participava do momento tb. Esse senso de coletividade é tão raro, cada vez mais, que sempre chama minha atenção quando alguém o preserva. E ela é assim, essa fofura gigantesca, esse poço de somos NÓS, "tamujunto". 

Tudo era feito com extrema simpatia e sorriso no rosto. Como se nada a afetasse. Olheiras de cansaço sob os olhos, porque nunca vi trabalhar desse jeito e sorriso garantido na face. Sabe por que? Porque havia generosidade até nisso, conclusão minha. Sorrir alegra o outro. Ela sorria e nos alegrava com seu sorriso. Engraçado o respeito vir em detalhes mínimos. Anna Bárbara tem uma profissão em que é quase permitido o atraso. Mas ela nunca argumentou estar atrasada em função da profissão.  Pelo contrário, o que ouvi e amei ouvir, diga-se, foi que, palavras dela: " - O MEU TEMPO É TÃO IMPORTANTE A MIM, QUE NÃO ADMITO EU FAZER A PESSOA PERDER O DELA POR MINHA CAUSA. O TEMPO DELA É TÃO IMPORTANTE E TÃO CARO QUANTO O MEU". E, depois dessa, ela me cativou de vez!!!! Então, agradeci mais uma vez a Deus por me destinar quem me ensina, pois são os que contam minhas histórias, com as lacunas preenchidas de lindas palavras e grandes lições.

Anninha, amo seu jeito, amo seu sorriso, sua gentileza, sua entrega, sua coletividade. Amo a garra com que trabalha, ela me move muito, saiba disso. Amo quem fala a nossa língua, mesmo podendo falar outras, isso aproxima, isso acolhe, isso nos torna iguais. Obrigada por sua assinatura em muitas páginas do meu livro da vida!!!!

P.S. Escrevi meu post sem antes ler o da Lau (fotógrafa). Acabei de ler e achei engraçado como o fundamento se cruza. Por que será, né, Anninha? Adooooro sentir a sintonia carimbada!!!! Eita, energia da boa, sô!!!!

Fotos: Lau de Castro

















































Um comentário:

Anna Barbara Castro disse...

Casar é um sonho é ver sua realização é perfeito. Quando comecei organizar o meu casamento procurava por profissionais que ao me olharem no olho demonstra-se cumplicidade . Queria montar uma equipe que se empenharia para realizar o meu sonho como se fosse o deles . E eu consegui ...só tenho a agradecer a cada um... Foi uma sintomia perfeita em todos os momentos da organização ao resultado final . Agora para toda orquestra estar afinada era essencial um exímio maestro . No meu caso uma Maestra , ou melhor um casal espetacular . Rejane e Alex , obrigada por todos os momentos , por toda a felicidade que me proporcionaram . Vc Rejane era simplesmente os meus olhos sobre cada detalhe ( e eles são exigentes ...) , Alex sempre um gentleman. Saudade do momento que passou , mas a vida continua e nossos caminhos tenho certeza irão se cruzar novamente . Obrigada pelo carinho . Anna Bárbara